Buscar
  • Ascom Sintesam

FASUBRA ALERTA APOSENTADOS(AS) E PENSIONISTAS QUE NÃO REALIZARAM A PROVA DE VIDA


A Direção Nacional da Fasubra Sindical orienta que os servidores aposentados e pensionistas das Universidades Federais que ainda não realizaram a prova de vida devem efetuar o procedimento com maior brevidade possível. Quem não realizar o recadastramento, terá o salário suspenso da folha de pagamento de janeiro de 2022, por determinação do Governo Federal.


A obrigatoriedade da realização da prova de vida esteve suspensa até o mês de julho de 2021 em virtude do estado de pandemia provocado pela Covid-19. A partir do referido mês, a realização da comprovação de vida voltou a ser obrigatória. Ocorre que, em consulta ao sistema Siape, verificou-se que uma quantidade significativa de aposentados e pensionistas ainda não realizaram a prova de vida no prazo, apesar dos e-mails de notificação enviados via sistema SouGov.


O Fórum Nacional de Pró-Reitores de Gestão de Pessoas das IFES (Forgepe) tentou prorrogar o prazo junto ao Governo Federal, porém não obteve sucesso. Na mesma perspectiva, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) solicitou revisão do prazo e aguarda posição da gestão federal.


A prova de vida é obrigatória e deve ser feita anualmente pelo servidor aposentado ou pensionista (não pode ser realizada por procurador).


Nesse sentido, orientamos que procurem o setor de gestão de pessoas para obter maiores informações.



(Fonte: Fasubra Sindical)