top of page
Buscar
  • Ascom Sintesam

REORGANIZAÇÃO POLÍTICA; LIMPEZA FÍSICA E ATÉ ESPIRITUAL

A chegada de novos ministros à Esplanada marca não só a mudança administrativa e política nas pastas do governo federal, mas também traz um ar de novos tempos - reforçado pelos próprios servidores


Servidores se voluntariam a fazer limpeza física e até "espiritual" dos prédios antes ocupados por ministros e secretários nomeados por Bolsonaro. Vídeo: Sintesam


Alguns portais já haviam divulgado a curiosa limpeza de sal grosso no Ministério da Fazenda (antigo Ministério da Economia, que estava sob a gestão de Paulo Guedes - hoje, conta com o comando de Fernando Haddad).


Com a mesma intenção, servidores dos Ministérios do Meio Ambiente e da Cultura (respectivamente comandados neste mandato do Governo Lula por Marina Silva e Margareth Menezes) também fizeram uma lavagem simbólica da entrada do bloco B da Esplanada dos Ministérios.


O ato também contou com povos originários. Entre eles, lideranças indígenas, que fazem parte das pastas. Claramente diverso e emocionado, o público - que misturou, ainda, servidores, sindicalistas, representantes de entidades e autoridades - recebeu sal grosso com ervas para ajudar na limpeza. Foi feita até mesmo lavagem com água de cheiro.


A ministra da Cultura, Margareth Menezes, discursando aos presentes. Foto: Sintesam


A própria ministra, Margareth Menezes, esteve presente no ato. Foram feitas falas sobre a resistência dos servidores de carreira nos últimos 6 anos - de acordo com os relatos, muitos se desdobraram para manter o funcionamento das políticas públicas, contrariando a vontade dos antigos gestores. Confira mais imagens abaixo:



Posts recentes

Ver tudo
bottom of page